domingo, 22 de janeiro de 2012

A história do rei Davi segundo a Bíblia Sagrada

A história de Davi segundo meu entendimento:
Nobre leitores (as) vamos conhecer um pouco mais sobre o rei Davi. Davi era um dos filhos de Jessé, e era um pastor de Ovelhas, um jovem valente e destemido. A televisão brasileira irá mostrar uma serie de 29 capitulos da história do rei Davi; eu pretendo mostrar o meu entendimento bíblico em resumo.
           Davi foi tao especial para “Deus” que foi considerado o homem segundo o coração de “Deus”: fiel, e temente a “Deus”. Davi era um propósito de “Deus” para Israel. Antes de Davi, Saul foi escolhido para ser rei de todo Israel. Ele era um jovem muito bonito, segundo a Bíblia, mas que infelizmente era desobediente e teimoso: “Deus” não ama e não gosta de quem pratica adivinhação, bruxaria etc., e Saul fazia estas coisas e era teimoso. Ele não tinha paciência em esperar; isto deu a ele algumas derrotas, e a ira de “Deus” contra ele. Deus se irou com ele, e o tirou o reino, e deu a Davi, filho de Jessé. Nesta época era tempo do profeta Samuel que era o profeta em Israel, e ele foi incumbido de ungir o novo rei para Israel, assim como ele também ungiu o rei Saul, por escolha de “Deus”. Samuel executou todo um cerimonial da época e depois ungiu a Saul: isto esta escrito em 1 Samuel cap. 10 e 11.   Para que se tenha uma ideia, Saul era para ser um grande rei em Israel, e seria coroado rei eterno em Israel, mas sua desobediência e teimosia fizera com que ele perdesse o cargo, a coroa de rei e fosse dado a outro, que caiu sobre Davi.
           “Deus” mostrou a Samuel que ele não deveria escolher e julgar as pessoas pela aparência. Pois Davi não era um simbolo de beleza e de força. Ele era franzino, ruivo e baixo: isto para “Deus” não significava nada. Pequeno ou não, forte ou fraco, era este o novo escolhido de Deus. Davi tinha vários irmãos, fortes, altos de boa aparência também, e Samuel olhava para a aparência física; por isto “Deus” falou a ele: Samuel! Não olhe para a aparência.
Até chegar a escolha e unção de Davi, Saul cometeu muitos erros, e pecados que desagradou a “Deus”. Saul chegou a ponto de mandar matar seu filho, por erro dele, Saul, que estava fazendo mais uma coisa errada, e que não dava atenção aos seus erros. Está escrito em 1Samuel cap.14.
Com o arrependimento de “Deus” de ter havido escolhido Saul rei em Israel, Ele se irou ainda mais com Saul. 1Samuel cap.15. “Deus” manda Samuel ungir Davi rei em Israel; e a partir deste dia, o espirito do Senhor saiu de Saul, passando ele a ficar atormentado.Veja como tudo aconteceu em 1Samuel16. “1  Então disse o Senhor a Samuel: Até quando terás dó de Saul, havendo-o eu rejeitado, para que não reine sobre Israel? Enche um chifre de azeite, e vem, enviar-te-ei a Jessé o belemita; porque dentre os seus filhos me tenho provido de um rei. 2  Porém disse Samuel: Como irei eu? pois, ouvindo-o Saul, me matará. Então disse o Senhor: Toma uma bezerra das vacas em tuas mãos, e dize: Vim para sacrificar ao Senhor. 3  E convidarás a Jessé ao sacrifício; e eu te farei saber o que hás de fazer, e ungir-me-ás a quem eu te disser. 6  E sucedeu que, entrando eles, viu a Eliabe, e disse: Certamente está perante o Senhor o seu ungido. 7  Porém o Senhor disse a Samuel: Não atentes para a sua aparência, nem para a grandeza da sua estatura, porque o tenho rejeitado; porque o Senhor não vê como vê o homem, pois o homem vê o que está diante dos olhos, porém o Senhor olha para o coração. 8  Então chamou Jessé a Abinadabe, e o fez passar diante de Samuel, o qual disse: Nem a este tem escolhido o Senhor. 9  Então Jessé fez passar a Sama; porém disse: Tampouco a este tem escolhido o Senhor. 10  Assim fez passar Jessé a seus sete filhos diante de Samuel; porém Samuel disse a Jessé: O Senhor não tem escolhido a estes. 11  Disse mais Samuel a Jessé: Acabaram-se os moços? E disse: Ainda falta o menor, que está apascentando as ovelhas. Disse, pois, Samuel a Jessé: Manda chamá-lo, porquanto não nos assentaremos até que ele venha aqui. 12  Então mandou chamá-lo e fê-lo entrar (e era ruivo e formoso de semblante e de boa presença); e disse o Senhor: Levanta-te, e unge-o, porque é este mesmo.13  Então Samuel tomou o chifre do azeite, e ungiu-o no meio de seus irmãos; e desde aquele dia em diante o Espírito do SENHOR se apoderou de Davi; então Samuel se levantou, e voltou a Ramá.
           Davi além de ser um bom pastor e um bom guerreiro era também um ótimo tocador de instrumentos. Quando o espirito mal vindo do Senhor se apoderava de Saul, ele só se acalmava quando ele ouvia musica, ou louvor; e Davi era também um excelente instrumentista. Veja em ...16  Diga, pois, nosso senhor a seus servos, que estão na tua presença, que busquem um homem que saiba tocar harpa, e será que, quando o espírito mau da parte de Deus vier sobre ti, então ele tocará com a sua mão, e te acharás melhor. 17  Então disse Saul aos seus servos: Buscai-me, pois, um homem que toque bem, e trazei-mo.18  Então respondeu um dos moços, e disse: Eis que tenho visto a um filho de Jessé, o belemita, que sabe tocar e é valente e vigoroso, e homem de guerra, e prudente em palavras, e de gentil presença; o Senhor é com ele. 19  E Saul enviou mensageiros a Jessé, dizendo: Envia-me Davi, teu filho, o que está com as ovelhas. 20  Então tomou Jessé um jumento carregado de pão, e um odre de vinho, e um cabrito, e enviou-os a Saul pela mão de Davi, seu filho. 21  Assim Davi veio a Saul, e esteve perante ele, e o amou muito, e foi seu pajem de armas. 22  Então Saul mandou dizer a Jessé: Deixa estar a Davi perante mim, pois achou graça em meus olhos.23  E sucedia que, quando o espírito mau da parte de Deus vinha sobre Saul, Davi tomava a harpa, e a tocava com a sua mão; então Saul sentia alívio, e se achava melhor, e o espírito mau se retirava dele.”
           A vida de Davi, não foi nada fácil. Saul não aceitou pacificamente a perda do reino! Ele tentou varias matar, destruir Davi, só não conseguindo porque o escudo de “Deus” estava em Davi:
No cap.17; temos a história do gigante Golias, que era o terror para o exército Israelita. Ele era muito alto, forte e um gigante mesmo: aproximadamente 2.90 metros. Este gigante Golias humilhava o povo de “Deus”, e não havia ninguém em toda a terra que tivesse coragem de enfrentar este gigante. E Davi vendo que Golias humilhava o seu povo, se ofereceu para enfrentar, lutar com este gigante. Nesta época ainda tempo do rei Saul. Só o peso da couraça de Golias era de 57 kilos. A ponta de sua lança quase um kilo; sua vestimenta protetora pesava proximadamente 60 kilos.
Veja como tudo aconteceu em 1 Samuel 17. [...]4  Então saiu do arraial dos filisteus um homem guerreiro, cujo nome era Golias, de Gate, que tinha de altura seis côvados e um palmo. 5  Trazia na cabeça um capacete de bronze, e vestia uma couraça de escamas; e era o peso da couraça de cinco mil siclos de bronze. 6  E trazia grevas de bronze por cima de seus pés, e um escudo de bronze entre os seus ombros.7  E a haste da sua lança era como o eixo do tecelão, e a ponta da sua lança de seiscentos siclos de ferro, e diante dele ia o escudeiro. 8  E parou, e clamou às companhias de Israel, e disse-lhes: Para que saireis a ordenar a batalha? Não sou eu filisteu e vós servos de Saul? Escolhei dentre vós um homem que desça a mim. 9  Se ele puder pelejar comigo, e me ferir, a vós seremos por servos; porém, se eu o vencer, e o ferir, então a nós sereis por servos, e nos servireis. 10  Disse mais o filisteu: Hoje desafio as companhias de Israel, dizendo: Dai-me um homem, para que ambos pelejemos.11  Ouvindo então Saul e todo o Israel estas palavras do filisteu, espantaram-se, e temeram muito. ...
          Golias insulta os israelitas, e Davi se oferece para lutar com o gigante. ... 23  E, estando ele ainda falando com eles, eis que vinha subindo do exército dos filisteus o homem guerreiro, cujo nome era Golias, o filisteu de Gate; e falou conforme àquelas palavras, e Davi as ouviu. 24  Porém todos os homens em Israel, vendo aquele homem, fugiram de diante dele, e temiam grandemente. 25  E diziam os homens de Israel: Vistes aquele homem que subiu? Pois subiu para afrontar a Israel; há de ser, pois, que, o homem que o ferir, o rei o enriquecerá de grandes riquezas, e lhe dará a sua filha, e fará livre a casa de seu pai em Israel. 26  Então falou Davi aos homens que estavam com ele, dizendo: Que farão àquele homem, que ferir a este filisteu, e tirar a afronta de sobre Israel? Quem é, pois, este incircunciso filisteu, para afrontar os exércitos do Deus vivo?...
                 Davi dispõe-se a pelejar contra o gigante...
32  E Davi disse a Saul: Não desfaleça o coração de ninguém por causa dele; teu servo irá, e pelejará contra este filisteu. 33  Porém Saul disse a Davi: Contra este filisteu não poderás ir para pelejar com ele; pois tu ainda és moço, e ele homem de guerra desde a sua mocidade. 34  Então disse Davi a Saul: Teu servo apascentava as ovelhas de seu pai; e quando vinha um leão e um urso, e tomava uma ovelha do rebanho, 35  Eu saía após ele e o feria, e livrava-a da sua boca; e, quando ele se levantava contra mim, lançava-lhe mão da barba, e o feria e o matava.36  Assim feria o teu servo o leão, como o urso; assim será este incircunciso filisteu como um deles; porquanto afrontou os exércitos do Deus vivo. ...
Quando o gigante viu Davi o subestimou, pois era ele um rapaz franzino de baixa estatura, e que foi até ele com algo que chamamos de funda ou estilingue, e algumas pedras. Saul Tentou colocar em Davi um escudo protetor, mas ele não saia nem do lugar de tão pesado que era.  Veja o que disse Golias ...38  E Saul vestiu a Davi de suas vestes, e pôs-lhe sobre a cabeça um capacete de bronze; e o vestiu de uma couraça.39  E Davi cingiu a espada sobre as suas vestes, e começou a andar; porém nunca o havia experimentado; então disse Davi a Saul: Não posso andar com isto, pois nunca o experimentei. E Davi tirou aquilo de sobre si. 40  E tomou o seu cajado na mão, e escolheu para si cinco seixos do ribeiro, e pô-los no alforje de pastor, que trazia, a saber, no surrão, e lançou mão da sua funda; e foi aproximando-se do filisteu. 41  O filisteu também vinha se aproximando de Davi; e o que lhe levava o escudo ia adiante dele.42  E, olhando o filisteu, e vendo a Davi, o desprezou, porquanto era moço, ruivo, e de gentil aspecto.43  Disse, pois, o filisteu a Davi: Sou eu algum cão, para tu vires a mim com paus? E o filisteu pelos seus deuses amaldiçoou a Davi. 44  Disse mais o filisteu a Davi: Vem a mim, e darei a tua carne às aves do céu e às bestas do campo.45  Davi, porém, disse ao filisteu: Tu vens a mim com espada, e com lança, e com escudo; porém eu venho a ti em nome do Senhor dos Exércitos, o Deus dos exércitos de Israel, a quem tens afrontado. 46  Hoje mesmo o Senhor te entregará na minha mão, e ferir-te-ei, e tirar-te-ei a cabeça, e os corpos do arraial dos filisteus darei hoje mesmo às aves do céu e às feras da terra; e toda a terra saberá que há Deus em Israel; 47  E saberá toda esta congregação que o Senhor salva, não com espada, nem com lança; porque do Senhor é a guerra, e ele vos entregará na nossa mão....
           Davi enfrenta o gigante Golias e mata-o e arranca sua cabeça e leva para Jerusalém, Israel.
48  E sucedeu que, levantando-se o filisteu, e indo encontrar-se com Davi, apressou-se Davi, e correu ao combate, a encontrar-se com o filisteu. 49  E Davi pôs a mão no alforje, e tomou dali uma pedra e com a funda lha atirou, e feriu o filisteu na testa, e a pedra se lhe encravou na testa, e caiu sobre o seu rosto em terra. 50  Assim Davi prevaleceu contra o filisteu, com uma funda e com uma pedra, e feriu o filisteu, e o matou; sem que Davi tivesse uma espada na mão. 51  Por isso correu Davi, e pôs-se em pé sobre o filisteu, e tomou a sua espada, e tirou-a da bainha, e o matou, e lhe cortou com ela a cabeça; vendo então os filisteus, que o seu herói era morto, fugiram. 52 Então os homens de Israel e Judá se levantaram, e jubilaram, e seguiram os filisteus, até chegar ao vale, e até às portas de Ecrom; e caíram os feridos dos filisteus pelo caminho de Saaraim até Gate e até Ecrom. 53  Então voltaram os filhos de Israel de perseguirem os filisteus, e despojaram os seus arraiais. 54  E Davi tomou a cabeça do filisteu, e a trouxe a Jerusalém; porém pôs as armas dele na sua tenda. 55  Vendo, porém, Saul, sair Davi a encontrar-se com o filisteu, disse a Abner, o capitão do exército: De quem é filho este moço, Abner? E disse Abner: Vive a tua alma, ó rei, que o não sei.56  Disse então o rei: Pergunta, pois, de quem é filho este moço.57  Voltando, pois, Davi de ferir o filisteu, Abner o tomou consigo, e o trouxe à presença de Saul, trazendo ele na mão a cabeça do filisteu.58  E disse-lhe Saul: De quem és filho, jovem? E disse Davi: Filho de teu servo Jessé, belemita.}
           Nobre leitor (a), assim aconteceu com o gigante Golias, que vencido por um jovem franzino: mas era o protegido de “Deus”. Se você tem um gigante lhe amedrontando, querendo lhe destruir, saiba que, maior é “Deus”; ninguém jamais poderá vencê-lo. “Deus” é indestrutível: Davi tinha sobre ele a proteção, a direção e o amor de “Deus”. Se você quiser vencer os gigantes que lhe atormentam, o caminho continua sendo um só: hoje é no nome de “Jesus Cristo”. Este nome é sobre todo nome: naquela época “Jesus” ainda não tinha vindo como filho do homem, mas sendo Filho de “Deus”.
Davi torna se amigo verdadeiro de Jônatas, filho de Saul, entre eles há um amor verdadeiro, aquele que é abençoado por “Deus”; mas isto desagradou a Saul, que intencionava matar Davi, pois não aceitava a ideia de ter perdido seu reino par Davi. E quando Davi voltava das pelejas, batalhas, lutas, as mulheres entoavam um cântico que irritava a Saul, que mais uma vez intentou matar Davi com uma lança. Mas “Deus estava com Davi, e nada lhe acontecia. Esta escrito em 1Samuel 18. {...}1  E sucedeu que, acabando ele de falar com Saul, a alma de Jônatas se ligou com a alma de Davi; e Jônatas o amou, como à sua própria alma. 2  E Saul naquele dia o tomou, e não lhe permitiu que voltasse para casa de seu pai.3  E Jônatas e Davi fizeram aliança; porque Jônatas o amava como à sua própria alma.4  E Jônatas se despojou da capa que trazia sobre si, e a deu a Davi, como também as suas vestes, até a sua espada, e o seu arco, e o seu cinto.5  E saía Davi aonde quer que Saul o enviasse e conduzia-se com prudência, e Saul o pôs sobre os homens de guerra; e era aceito aos olhos de todo o povo, e até aos olhos dos servos de Saul. 6  Sucedeu, porém, que, vindo eles, quando Davi voltava de ferir os filisteus, as mulheres de todas as cidades de Israel saíram ao encontro do rei Saul, cantando e dançando, com adufes, com alegria, e com instrumentos de música....
O cântico das mulheres indigna a Saul ... E as mulheres dançando e cantando se respondiam umas às outras, dizendo: Saul feriu os seus milhares, porém, Davi os seus dez milhares.8  Então Saul se indignou muito, e aquela palavra pareceu mal aos seus olhos, e disse: Dez milhares deram a Davi, e a mim somente milhares; na verdade, que lhe falta, senão só o reino?9  E, desde aquele dia em diante, Saul tinha Davi em suspeita. 10  E aconteceu no outro dia, que o mau espírito da parte de Deus se apoderou de Saul, e profetizava no meio da casa; e Davi tocava a harpa com a sua mão, como nos outros dias; Saul, porém, tinha na mão uma lança. 11  E Saul atirou com a lança, dizendo: Encravarei a Davi na parede. Porém Davi se desviou dele por duas vezes. 12  E temia Saul a Davi, porque o Senhor era com ele e se tinha retirado de Saul. 13  Por isso Saul o desviou de si, e o pôs por capitão de mil; e saía e entrava diante do povo.14  E Davi se conduzia com prudência em todos os seus caminhos, e o Senhor era com ele.15  Vendo então Saul que tão prudentemente se conduzia, tinha receio dele.16  Porém todo o Israel e Judá amava a Davi, porquanto saía e entrava diante deles....
            Saul intenta matar Davi pela astúcia ....17  Por isso Saul disse a Davi: Eis que Merabe, minha filha mais velha, te darei por mulher; sê-me somente filho valoroso, e guerreia as guerras do Senhor (porque Saul dizia consigo: Não seja contra ele a minha mão, mas sim a dos filisteus).18  Mas Davi disse a Saul: Quem sou eu, e qual é a minha vida e a família de meu pai em Israel, para vir a ser genro do rei?19  Sucedeu, porém, que ao tempo que Merabe, filha de Saul, devia ser dada a Davi, ela foi dada por mulher a Adriel, meolatita....
Mical, a filha de Saul ama a Davi e casa com ele: .... 20  Mas Mical, a outra filha de Saul amava a Davi; o que, sendo anunciado a Saul, pareceu isto bom aos seus olhos. 21  E Saul disse: Eu lha darei, para que lhe sirva de laço, e para que a mão dos filisteus venha a ser contra ele. Pelo que Saul disse a Davi: Com a outra serás hoje meu genro...
           Saul odiava Davi a ponto de tentar matá-lo a qualquer custo. Ele não admitia a fato de haver perdido seu reino: Jônatas amava muito a Davi, e o protegia de seu pai. Obs. O amor de Jônatas e Davi, não tem nada a ver com prostituição, com efeminismo! É um tipo de amor que só “Deus através do Filho Jesus” também têm... 1Samuel 19. 1  E falou Saul a Jônatas, seu filho, e a todos os seus servos, para que matassem a Davi. Porém Jônatas, filho de Saul, estava mui afeiçoado a Davi. 2  E Jônatas o anunciou a Davi, dizendo: Meu pai, Saul, procura matar-te, pelo que agora guarda-te pela manhã, e fica-te em oculto, e esconde-te. 3  E sairei eu, e estarei à mão de meu pai no campo em que estiverdes, e eu falarei de ti a meu pai, e verei o que há, e to anunciarei. 4  Então Jônatas falou bem de Davi a Saul, seu pai, e disse-lhe: Não peque o rei contra seu servo Davi, porque ele não pecou contra ti, e porque os seus feitos te são muito bons.5  Porque expôs a sua vida, e feriu aos filisteus, e fez o Senhor um grande livramento a todo o Israel; tu mesmo o viste, e te alegraste; porque, pois, pecarias contra o sangue inocente, matando a Davi, sem causa? 6  E Saul deu ouvidos à voz de Jônatas, e jurou Saul: Vive o Senhor, que não morrerá....
           Mical, a esposa de Davi, salva-o de Saul novamente, pois ele insistia em sua teimosia....
12  Então Mical desceu a Davi por uma janela; e ele se foi, e fugiu, e escapou. 13  E Mical tomou uma estátua e a deitou na cama, e pôs-lhe à cabeceira uma pele de cabra, e a cobriu com uma coberta.14  E, mandando Saul mensageiros que trouxessem a Davi, ela disse: Está doente.18  Assim Davi fugiu e escapou, e foi a Samuel, em Ramá, e lhe participou tudo quanto Saul lhe fizera; e foram, ele e Samuel, e ficaram em Naiote....
Jônatas faz um pacto de proteção com Davi: 1Samuel  cap.20: Davi faz de tudo para evitar o confronto com Saul, pois para Davi, ninguém pode tocar ou matar um ungido do Senhor: isto para Davi era uma coisa sagrada. Enquanto Saul viveu, ele nao não desistiu de tentar matar Davi: as fugas de Davi, não eram por medo! Mas sim porque ele temia e obedecia a “Deus”. Saul continuava fazendo tudo de errado, e “Deus” se afasta cada vez mais dele. E Davi continua vencendo as batalhas que ele participava.
A diferença de “Davi e Saul” era que ele, Davi, nunca ia para uma peleja sem antes obter a resposta de “Deus”. Ele orava antes, e não fazia nada sem antes “Deus” dar a ele um sinal, uma resposta. Já no cap. 23; Saul continua perseguindo a Davi, mesmo no deserto de Zife.
Cap. 25.Morre o profeta Samuel, e Davi se retira para o deserto de Parã: o rei Davi era um homem muito sensato, e que ouvia as pessoas, mesmo sendo ele, rei. Aqui no cap. 25., ele iria sujar suas mãos de sangue, e que pessoas inocentes iriam morrer por causa de um homem chamado Nabal. Sua mulher chamada Abigail falou com o rei Davi, e ela consigiuiu convencê-lo, sem que ele se sujasse com sangue de inocentes; este Nabal veio a falecer sendo punido por  “Deus”. Veja em 1Samuel. 25. {...} 23  Vendo, pois, Abigail a Davi, apressou-se, e desceu do jumento, e prostrou-se sobre o seu rosto diante de Davi, e se inclinou à terra. 24  E lançou-se a seus pés, e disse: Ah, senhor meu, minha seja a transgressão; deixa, pois, falar a tua serva aos teus ouvidos, e ouve as palavras da tua serva.25  Meu senhor, agora não faça este homem vil, a saber, Nabal, impressão no seu coração, porque tal é ele qual é o seu nome. Nabal é o seu nome, e a loucura está com ele, e eu, tua serva, não vi os moços de meu senhor, que enviaste.26  Agora, pois, meu senhor, vive o Senhor, e vive a tua alma, que o Senhor te impediu de vires com sangue, e de que a tua mão te salvasse; e, agora, tais quais Nabal sejam os teus inimigos e os que procuram mal contra o meu senhor. 28  Perdoa, pois, à tua serva esta transgressão, porque certamente fará o Senhor casa firme a meu senhor, porque meu senhor guerreia as guerras do Senhor, e não se tem achado mal em ti por todos os teus dias, 29  E, levantando-se algum homem para te perseguir, e para procurar a tua morte, contudo a vida de meu senhor será atada no feixe dos que vivem com o Senhor teu Deus; porém a vida de teus inimigos ele arrojará ao longe, como do meio do côncavo de uma funda. 30  E há de ser que, usando o Senhor com o meu senhor conforme a todo o bem que já tem falado de ti, e te houver estabelecido príncipe sobre Israel, 31  Então, meu Senhor, não te será por tropeço, nem por pesar no coração, o sangue que sem causa derramaste, nem tampouco por ter se vingado o meu Senhor a si mesmo; e quando o Senhor fizer bem a meu senhor, lembra-te então da tua serva.32  Então Davi disse a Abigail: Bendito o Senhor Deus de Israel, que hoje te enviou ao meu encontro.33  E bendito o teu conselho, e bendita tu, que hoje me impediste de derramar sangue, e de vingar-me pela minha própria mão.34  Porque, na verdade, vive o SENHOR Deus de Israel, que me impediu de que te fizesse mal, que se tu não te apressaras, e não me vieras ao encontro, não ficaria a Nabal até a luz da manhã nem mesmo um menino....
Naquela época os reis tinham muitas esposas e concubinas, amantes, e depois da morte de Nabal, o rei Davi tomou Abigail para sua esposa. .... 37  Sucedeu, pois, que pela manhã, estando Nabal já livre do vinho, sua mulher lhe deu a entender aquelas coisas; e se amorteceu o seu coração, e ficou ele como pedra.38  E aconteceu que, passados quase dez dias, feriu o Senhor a Nabal, e este morreu.39  E, ouvindo Davi que Nabal morrera, disse: Bendito seja o Senhor, que julgou a causa de minha afronta recebida da mão de Nabal, e deteve a seu servo do mal, fazendo o Senhor tornar o mal de Nabal sobre a sua cabeça. E mandou Davi falar a Abigail, para tomá-la por sua mulher.40  Vindo, pois, os criados de Davi a Abigail, no Carmelo, lhe falaram, dizendo: Davi nos tem mandado a ti, para te tomar por sua mulher.41  Então ela se levantou, e se inclinou com o rosto em terra, e disse: Eis que a tua serva servirá de criada para lavar os pés dos criados de meu senhor.42  E Abigail se apressou, e se levantou, e montou num jumento com as suas cinco moças que seguiam as suas pisadas; e ela seguiu os mensageiros de Davi, e foi sua mulher.}
Mas Saul permanecia no firme propósito de matar o rei Davi, que procurava evitá-lo, não por medo, mas sim por temor a “Deus”, por ser ele, Saul um homem ungido de “Deus”.
E Saul faz novamente algo que “Deus” condena até os dias de hoje: feitiçaria, adivinhação etc., e pior ainda! Ele mandou invocar o espirito de Samuel que estava morto. Para “Deus” Saul se complicou ainda mais: Saul, não tinha paciência de esperar. Já o rei Davi consultava a ‘Deus” antes de qualquer batalha, é só ia para a luta com a resposta de “Deus” a ele; e que era ouvida por “Deus” suas orações,petições.
1Samuel. 28. {...} 5  E, vendo Saul o arraial dos filisteus, temeu, e estremeceu muito o seu coração.
6  E perguntou Saul ao Senhor, porém o Senhor não lhe respondeu, nem por sonhos, nem por Urim, nem por profetas. 7  Então disse Saul aos seus criados: Buscai-me uma mulher que tenha o espírito de feiticeira, para que vá a ela, e consulte por ela. E os seus criados lhe disseram: Eis que em En-Dor há uma mulher que tem o espírito de adivinhar. 8  E Saul se disfarçou, e vestiu outras roupas, e foi ele com dois homens, e de noite chegaram à mulher; e disse: Peço-te que me adivinhes pelo espírito de feiticeira, e me faças subir a quem eu te disser.9  Então a mulher lhe disse: Eis aqui tu sabes o que Saul fez, como tem destruído da terra os adivinhos e os encantadores; por que, pois, me armas um laço à minha vida, para me fazeres morrer?10  Então Saul lhe jurou pelo Senhor, dizendo: Vive o Senhor, que nenhum mal te sobrevirá por isso.11  A mulher então lhe disse: A quem te farei subir? E disse ele: Faze-me subir a Samuel.12  Vendo, pois, a mulher a Samuel, gritou com alta voz, e falou a Saul, dizendo: Por que me tens enganado? Pois tu mesmo és Saul.13  E o rei lhe disse: Não temas; que é que vês? Então a mulher disse a Saul: Vejo deuses que sobem da terra.14  E lhe disse: Como é a sua figura? E disse ela: Vem subindo um homem ancião, e está envolto numa capa. Entendendo Saul que era Samuel, inclinou-se com o rosto em terra, e se prostrou.15  Samuel disse a Saul: Por que me inquietaste, fazendo-me subir? Então disse Saul: Mui angustiado estou, porque os filisteus guerreiam contra mim, e Deus se tem desviado de mim, e não me responde mais, nem pelo ministério dos profetas, nem por sonhos; por isso te chamei a ti, para que me faças saber o que hei de fazer.} 16  Então disse Samuel: Por que, pois, me perguntas a mim, visto que o Senhor te tem desamparado, e se tem feito teu inimigo?17  Porque o Senhor tem feito para contigo como pela minha boca te disse, e o Senhor tem rasgado o reino da tua mão, e o tem dado ao teu próximo, a Davi.18  Como tu não deste ouvidos à voz do Senhor, e não executaste o fervor da sua ira contra Amaleque, por isso o Senhor te fez hoje isto.19  E o Senhor entregará também a Israel contigo na mão dos filisteus, e amanhã tu e teus filhos estareis comigo; e o arraial de Israel o Senhor entregará na mão dos filisteus.}
           A desobediência e teimosia de Saul “foram” as causas de sua queda: enquanto isto, o rei Davi crescia como rei, como homem segundo o coração de “Deus”. O rei Davi foi um grande guerreiro, e muito temido por todos seus inimigos: a cidade de Ziclague é saqueada, havendo muitos mortos e feridos, e casas incendiadas. E o povo na sua ignorância tentaram apedrejar o rei Davi que não teve culpa, mas ele foi atrás de seus inimigos, alcançando-os, e destruindo-os completamente. Mais uma vez, Davi consultou a “Deus” antes de ir atrás de seus inimigos. 1Samuel.30.{...} 1  Sucedeu, pois, que, chegando Davi e os seus homens ao terceiro dia a Ziclague, já os amalequitas tinham invadido o sul, e Ziclague, e tinham ferido a Ziclague e a tinham queimado a fogo. 2  E tinham levado cativas as mulheres, e todos os que estavam nela, tanto pequenos como grandes; a ninguém, porém, mataram, tão-somente os levaram consigo, e foram o seu caminho.3  E Davi e os seus homens chegaram à cidade e eis que estava queimada a fogo, e suas mulheres, seus filhos e suas filhas tinham sido levados cativos.6  E Davi muito se angustiou, porque o povo falava de apedrejá-lo, porque a alma de todo o povo estava em amargura, cada um por causa dos seus filhos e das suas filhas; todavia Davi se fortaleceu no Senhor seu Deus.17  E feriu-os Davi, desde o crepúsculo até à tarde do dia seguinte; nenhum deles escapou, senão só quatrocentos moços que, montados sobre camelos, fugiram. 18  Assim salvou Davi tudo quanto tomaram os amalequitas; também as suas duas mulheres salvou Davi.19  E ninguém lhes faltou, desde o menor até ao maior, e até os filhos e as filhas; e também desde o despojo até tudo quanto lhes tinham tomado, tudo Davi tornou a trazer. 20  Também tomou Davi todas as ovelhas e vacas, e levavam-nas adiante do outro gado, e diziam: Este é o despojo de Davi.21  E, chegando Davi aos duzentos homens que, de cansados que estavam, não puderam seguir a Davi, e que deixaram ficar no ribeiro de Besor, estes saíram ao encontro de Davi e do povo que com ele vinha; e, chegando-se Davi com o povo, os saudou em paz.}
           O rei Davi era uma pessoa sensata, não tomava para si, aquilo que realmente não lhe pertencesse. E Saul é morto juntamente com seu filho Jônatas e outros filhos, o melhor amigo de Davi, que chora muito pela morte de seu amigo e do rei Saul. Davi, não odiava a Saul: Mas os filisteus depois de Saul morto, e cortaram-lhe a cabeça e despojaram de seus corpos e atearam fogo. E Davi mata o amalequita que trouxe a noticia, e que estava com as vestimentas de Saul:
Veja o que diz em II Sam.1. {...} 2  Ao terceiro dia um homem veio do arraial de Saul, com as vestes rotas e com terra sobre a cabeça; e, chegando ele a Davi, se lançou no chão, e se inclinou.3  E Davi lhe disse: Donde vens? E ele lhe disse: Escapei do arraial de Israel.4  E disse-lhe Davi: Como foi lá isso? Peço-te, dize-mo. E ele lhe respondeu: O povo fugiu da batalha, e muitos do povo caíram, e morreram; assim como também Saul e Jônatas, seu filho, foram mortos.5  E disse Davi ao moço que lhe trazia as novas: Como sabes tu que Saul e Jônatas, seu filho, foram mortos?7  E, olhando ele para trás de si, viu-me, e chamou-me; e eu disse: Eis-me aqui.8  E ele me disse: Quem és tu? E eu lhe disse: Sou amalequita. 9  Então ele me disse: Peço-te, arremessa-te sobre mim, e mata-me, porque angústias me têm cercado, pois toda a minha vida está ainda em mim.10  Arremessei-me, pois, sobre ele, e o matei, porque bem sabia eu que não viveria depois da sua queda, e tomei a coroa que tinha na cabeça, e o bracelete que trazia no braço, e os trouxe aqui a meu senhor.11  Então apanhou Davi as suas vestes, e as rasgou; assim fizeram todos os homens que estavam com ele.12  E prantearam, e choraram, e jejuaram até à tarde por Saul, e por Jônatas, seu filho, e pelo povo do Senhor, e pela casa de Israel, porque tinham caído à espada. 13  Disse então Davi ao moço que lhe trouxera a nova: Donde és tu? E disse ele: Sou filho de um estrangeiro, amalequita.14  E Davi lhe disse: Como não temeste tu estender a mão para matares ao ungido do Senhor? 15  Então chamou Davi a um dos moços, e disse: Chega, e lança-te sobre ele. E ele o feriu, e morreu.16  Pois Davi lhe dissera: O teu sangue seja sobre a tua cabeça, porque a tua própria boca testificou contra ti, dizendo: Eu matei o ungido do Senhor.....
        O rei Davi era um homem e rei de sentimentos puros, e que não admitia injustiças, e sua fidelidade era muito grande. Ele chorava, orava e jejuava muito, e não permitiu que ninguém fizesse chacota de Saul e seus filhos, não permitindo que notícias mentirosas circulassem por todo Israel. Davi é aclamado rei em Judá pelo povo, e reina por sete anos e seis meses: mas seus inimigos elegeram outro rei para Israel, mas o povo optou por Davi. E Davi vence o rei escolhido por Nabar:2 Sam.2 {...}1  E sucedeu depois disto que Davi consultou ao Senhor, dizendo: Subirei a alguma das cidades de Judá? E disse-lhe o Senhor: Sobe. E falou Davi: Para onde subirei? E disse: Para Hebrom.3  Fez também Davi subir os homens que estavam com ele, cada um com a sua família; e habitaram nas cidades de Hebrom. 4  Então vieram os homens de Judá, e ungiram ali a Davi rei sobre a casa de Judá. E deram avisos a Davi, dizendo: Os homens de Jabes-Gileade foram os que sepultaram a Saul.5  Então enviou Davi mensageiros aos homens de Jabes-Gileade, para dizer-lhes: Benditos sejais vós do Senhor, que fizestes tal beneficência a vosso senhor, a Saul, e o sepultastes!6  Agora, pois, o Senhor use convosco de beneficência e fidelidade; e também eu vos farei este bem, porquanto fizestes isto.7  Esforcem-se, pois, agora as vossas mãos, e sede homens valentes, pois Saul, vosso senhor, é morto, mas também os da casa de Judá já me ungiram a mim por seu rei....}
           Houve uma grande guerra entre a casa de Saul e de Davi, mas a casa de Davi se fortalecia cada vez mais. E Davi teve vários filhos na cidade de Hebrom: Abner faz aliança com Davi, e que vai unificando seu reino em todo o Israel. Está confirmado em 2Sam.3.1 ao 39:
Joabe mata Abner a traição, e Davi lamenta a morte de Abner, e sua morte foi vingada.
O rei Davi é constituído rei em todo o Israel, e “Deus” continuava com Davi. Veja o que diz em 2 Samuel.5. {...}1  Então todas as tribos de Israel vieram a Davi, em Hebrom, e falaram, dizendo: Eis-nos aqui, somos teus ossos e tua carne.2  E também outrora, sendo Saul ainda rei sobre nós, eras tu o que saías e entravas com Israel; e também o Senhor te disse: Tu apascentarás o meu povo de Israel, e tu serás príncipe sobre Israel. 3  Assim, pois, todos os anciãos de Israel vieram ao rei, em Hebrom; e o rei Davi fez com eles acordo em Hebrom, perante o Senhor; e ungiram a Davi rei sobre Israel.4  Da idade de trinta anos era Davi quando começou a reinar; quarenta anos reinou.5  Em Hebrom reinou sobre Judá sete anos e seis meses, e em Jerusalém reinou trinta e três anos sobre todo o Israel e Judá. ...( está confirmado também em 1Crônicas 11.1,3)... 10  E Davi ia, cada vez mais, aumentando e crescendo, porque o Senhor Deus dos Exércitos era com ele. 11  E Hirão, rei de Tiro, enviou mensageiros a Davi, e madeira de cedro, e carpinteiros, e pedreiros que edificaram a Davi uma casa.12  E entendeu Davi que o SENHOR o confirmara rei sobre Israel, e que exaltara o seu reino por amor do seu povo. ... (  1Cr 14:1-2  ). E Davi teve também muitos filhos em Jerusalém; pois ele teve varias esposas e concubinas, amantes. Está confirmado também em (  1Crôn 3:5-9    1Cr 14:3-7  )
           Os filisteus sabendo que Davi havia sido ungido rei em Israel, foram em busca de Davi; mas o rei não fazia nada sem antes consultar o Senhor dos Exércitos “Deus”. Assim era chamado “Deus” no Velho Testamento. E assim fez “Deus” com os inimigos de Davi. ... 17  Ouvindo, pois, os filisteus que haviam ungido a Davi rei sobre Israel, todos os filisteus subiram em busca de Davi; o que ouvindo Davi, desceu à fortaleza.18  E os filisteus vieram, e se estenderam pelo vale de Refaim. 19  E Davi consultou ao Senhor, dizendo: Subirei contra os filisteus? Entregar-mos-ás nas minhas mãos? E disse o Senhor a Davi: Sobe, porque certamente entregarei os filisteus nas tuas mãos. 20  Então foi Davi a Baal-Perazim; e feriu-os ali Davi, e disse: Rompeu o Senhor a meus inimigos diante de mim, como quem rompe águas. Por isso chamou o nome daquele lugar Baal-Perazim. 21  E deixaram ali os seus ídolos; e Davi e os seus homens os tomaram. 22  E os filisteus tornaram a subir, e se estenderam pelo vale de Refaim.23  E Davi consultou ao Senhor, o qual disse: Não subirás; mas rodeia por detrás deles, e virás a eles por defronte das amoreiras.24  E há de ser que, ouvindo tu um estrondo de marcha pelas copas das amoreiras, então te apressarás; porque o Senhor saiu então diante de ti, a ferir o arraial dos filisteus. 25  E fez Davi assim como o Senhor lhe tinha ordenado; e feriu os filisteus desde Gibeá, até chegar a Gezer.}
           Davi trás a arca de “Deus” para Jesusalém, mas ele teme por sua vida. Obs. A arca de “Deus” era o que mais de importante havia em toda a terra. Ninguém podia se aproximar dela, senão os levitas da tribo de Levi. Quem se aproximou dela, a arca de Deus, pagou com a vida: Davi foi o homem segundo o coração de “Deus”, mas ele sabia da importância da arca. Ali dentro estava apenas as duas tabuas dos dez mandamentos, que para “Deus” não era pouca coisa não. Tudo está confirmado em 2 Sam.6. e tabem em 1 Crônicas (  1Cr 13:5-14    1Cr 15:25-29  )
Veja o que aconteceu no cap. 6. {...} 1  E tornou Davi a ajuntar todos os escolhidos de Israel, em número de trinta mil.2  E levantou-se Davi, e partiu, com todo o povo que tinha consigo, para Baalim de Judá, para levarem dali para cima a arca de Deus, sobre a qual se invoca o nome, o nome do Senhor dos Exércitos, que se assenta entre os querubins.3  E puseram a arca de Deus em um carro novo, e a levaram da casa de Abinadabe, que está em Gibeá; e Uzá e Aiô, filhos de Abinadabe, guiavam o carro novo.4  E levando-o da casa de Abinadabe, que está em Gibeá, com a arca de Deus, Aiô ia adiante da arca.5  E Davi, e toda a casa de Israel, festejavam perante o Senhor, com toda a sorte de instrumentos de pau de faia, como também com harpas, e com saltérios, e com tamboris, e com pandeiros, e com címbalos.6  E, chegando à eira de Nacom, estendeu Uzá a mão à arca de Deus, e pegou nela; porque os bois a deixavam pender. 7  Então a ira do Senhor se acendeu contra Uzá, e Deus o feriu ali por esta imprudência; e morreu ali junto à arca de Deus.8  E Davi se contristou, porque o Senhor abrira rotura em Uzá; e chamou àquele lugar Perez-Uzá, até ao dia de hoje.9  E temeu Davi ao Senhor naquele dia; e disse: Como virá a mim a arca do Senhor? 10  E não quis Davi retirar para junto de si a arca do Senhor, à cidade de Davi; mas Davi a fez levar à casa de Obede-Edom, o giteu.11  E ficou a arca do Senhor em casa de Obede-Edom, o giteu, três meses; e abençoou o Senhor a Obede-Edom, e a toda a sua casa.
& (  1Cr 15:25    1Cr 16:3  )   12  Então avisaram a Davi, dizendo: Abençoou o Senhor a casa de Obede-Edom, e tudo quanto tem, por causa da arca de Deus; foi pois Davi, e trouxe a arca de Deus para cima, da casa de Obede-Edom, à cidade de Davi, com alegria....
           Davi estava tao feliz com a arca de “Deus” que dançava e pulava de tanta alegria, e sua esposa Mical o desprezou em seu coração; Veja o que aconteceu a ela. ...16  E sucedeu que, entrando a arca do Senhor na cidade de Davi, Mical, a filha de Saul, estava olhando pela janela; e, vendo ao rei Davi, que ia bailando e saltando diante do Senhor, o desprezou no seu coração.17  E introduzindo a arca do Senhor, a puseram no seu lugar, na tenda que Davi lhe armara; e ofereceu Davi holocaustos e ofertas pacíficas perante o Senhor.18  E acabando Davi de oferecer os holocaustos e ofertas pacíficas, abençoou o povo em nome do Senhor dos Exércitos.19  E repartiu a todo o povo, e a toda a multidão de Israel, desde os homens até às mulheres, a cada um, um bolo de pão, e um bom pedaço de carne, e um frasco de vinho; então retirou-se todo o povo, cada um para sua casa, 20  E, voltando Davi para abençoar a sua casa, Mical, a filha de Saul, saiu a encontrar-se com Davi, e disse: Quão honrado foi o rei de Israel, descobrindo-se hoje aos olhos das servas de seus servos, como sem pejo se descobre qualquer dos vadios. 21  Disse, porém, Davi a Mical: Perante o Senhor, que me escolheu preferindo-me a teu pai, e a toda a sua casa, mandando-me que fosse soberano sobre o povo do Senhor, sobre Israel, perante o Senhor tenho me alegrado .22  E ainda mais do que isto me envilecerei, e me humilharei aos meus olhos; mas das servas, de quem falaste, delas serei honrado.23  E Mical, a filha de Saul, não teve filhos, até o dia da sua morte.}
O rei Davi deseja edificar o templo ao Senhor; mas isto não foi permitido por “Deus”, pois das mãos de Davi correram muito sangue. Esta missão foi dada a seu filho, seu sucessor o rei Salomão: veja o que “Deus” mandou dizer a Davi através do profeta Natã.  Está confirmado também em 1 Crôn. 17.1,15, 16-27            Diz assim em  2 Sam.7. {...} 1  E sucedeu que, estando o rei Davi em sua casa, e tendo o Senhor lhe dado descanso de todos os seus inimigos em redor,2  Disse o rei ao profeta Natã: Eis que eu moro em casa de cedro, e a arca de Deus mora dentro de cortinas.3  E disse Natã ao rei: Vai, e faze tudo quanto está no teu coração; porque o Senhor é contigo.4  Porém sucedeu naquela mesma noite, que a palavra do Senhor veio a Natã, dizendo:5  Vai, e dize a meu servo Davi: Assim diz o Senhor: Edificar-me-ás tu uma casa para minha habitação?6  Porque em casa nenhuma habitei desde o dia em que fiz subir os filhos de Israel do Egito até ao dia de hoje; mas andei em tenda e em tabernáculo.7  E em todo o lugar em que andei com todos os filhos de Israel, falei porventura alguma palavra a alguma das tribos de Israel, a quem mandei apascentar o meu povo de Israel, dizendo: Por que não me edificais uma casa de cedro?8  Agora, pois, assim dirás ao meu servo Davi: Assim diz o Senhor dos Exércitos: Eu te tomei da malhada, de detrás das ovelhas, para que fosses o soberano sobre o meu povo, sobre Israel.9  E fui contigo, por onde quer que foste, e destruí a teus inimigos diante de ti; e fiz grande o teu nome, como o nome dos grandes que há na terra.10  E prepararei lugar para o meu povo, para Israel, e o plantarei, para que habite no seu lugar, e não mais seja removido, e nunca mais os filhos da perversidade o aflijam, como dantes,11  E desde o dia em que mandei que houvesse juízes sobre o meu povo Israel; a ti, porém, te dei descanso de todos os teus inimigos; também o Senhor te faz saber que te fará casa.12  Quando teus dias forem completos, e vieres a dormir com teus pais, então farei levantar depois de ti um dentre a tua descendência, o qual sairá das tuas entranhas, e estabelecerei o seu reino. 13  Este edificará uma casa ao meu nome, e confirmarei o trono do seu reino para sempre.14  Eu lhe serei por pai, e ele me será por filho; e, se vier a transgredir, castigá-lo-ei com vara de homens, e com açoites de filhos de homens.15  Mas a minha benignidade não se apartará dele; como a tirei de Saul, a quem tirei de diante de ti.16  Porém a tua casa e o teu reino serão firmados para sempre diante de ti; teu trono será firme para sempre.17  Conforme a todas estas palavras, e conforme a toda esta visão, assim falou Natã a Davi. ...
           A diferença em Davi era sua fidelidade, amor, obediência e temor a “Deus”, ele foi um homem de muita oração, jejum, e o maior salmista da Bíblia. Dos 150 Salmos, ele escreveu apenas 72 Salmos: os Salmos, nada mais são orações de Davi a “Deus”. Assim era ele: dobrava os joelhos e ficava horas orando a “Deus”, clamando,suplicando, salmodiando, louvando e cantando para Deus. O livro de Salmos têm um tipo de Salmos para cada uma de suas necessidades: veja um pouco das lindas palavras nas orações de Davi. ...18  Então entrou o rei Davi, e ficou perante o Senhor, e disse: Quem sou eu, Senhor Deus, e qual é a minha casa, para que me tenhas trazido até aqui?19  E ainda foi isto pouco aos teus olhos, Senhor Deus, senão que também falaste da casa de teu servo para tempos distantes; é este o procedimento dos homens, ó Senhor Deus?20  E que mais te pode dizer ainda Davi? Pois tu conheces bem a teu servo, ó Senhor Deus.21  Por causa da tua palavra, e segundo o teu coração, fizeste toda esta grandeza; fazendo-a saber a teu servo. 22  Portanto, grandioso és, ó Senhor Deus, porque não há semelhante a ti, e não há outro Deus senão tu só, segundo tudo o que temos ouvido com os nossos ouvidos.23  E quem há como o teu povo, como Israel, gente única na terra, a quem Deus foi resgatar para seu povo, para fazer-te nome, e para fazer-vos estas grandes e terríveis coisas à tua terra, diante do teu povo, que tu resgataste do Egito, desterrando as nações e a seus deuses? 24  E confirmaste a teu povo Israel por teu povo para sempre, e tu, Senhor, te fizeste o seu Deus.25  Agora, pois, ó Senhor Deus, esta palavra que falaste acerca de teu servo e acerca da sua casa, confirma-a para sempre, e faze como tens falado.26  E engrandeça-se o teu nome para sempre, para que se diga: O Senhor dos Exércitos é Deus sobre Israel; e a casa de teu servo será confirmada diante de ti.27  Pois tu, Senhor dos Exércitos, Deus de Israel, revelaste aos ouvidos de teu servo, dizendo: Edificar-te-ei uma casa. Portanto o teu servo se animou para fazer-te esta oração. 28  Agora, pois, Senhor Deus, tu és o mesmo Deus, e as tuas palavras são verdade, e tens falado a teu servo este bem.29  Sê, pois, agora servido de abençoar a casa de teu servo, para permanecer para sempre diante de ti, pois tu, ó Senhor Deus, o disseste; e com a tua bênção será para sempre bendita a casa de teu servo.}  No cap. 18, mostra as vitórias de Davi sobre varias nações, e é confirmadas também em 1 Crônicas 18. 1 ao 17: e 2 Sam.20.23,26.  Nos caps., 9.10,11 mostra a bondade de Davi aos filhos de Jônatas seu melhor amigo, e as vitórias sobre os inimigos de seu povo. Já no cap.11, além das vitórias sobre seus inimigos, o rei Davi cometeu um grave pecado com consequências que deixam sequelas para sempre. O rei Davi mandou seus homens para a batalha, e ele ficou no seu palácio, e do terraço de seu palácio ele viu uma mulher muito bonita chamada Bate-Seba, e que era esposa de Urias o heteu; o rei Davi desejou, cobiçou, adulterou, e depois mandou matar o marido de Bate-Seba colocando-o numa frente de batalha para que ele fosse morto. E assim aconteceu: Urias foi morto, e Davi a tomou para esposa; e desta relação nasceu um filho que foi amaldiçoado por “Deus” vindo também a falecer. O adultério para “Deus” até nos dias de hoje é um pecado muito grave, e que pode levar quem continuar, permanecer no pecado a morte espiritual; pois esta é eterna, para sempre. Mas “Deus” tudo sabe e tudo vê: Davi fez tudo as escondidas, mas para “Deus” não existe nada que se possa ocultar se esconder. “Deus” enviou até Davi, o profeta Natã, e revelou tudo aquilo que ele, Davi fez as escondidas, a mão de “Deus” pesaria sobre  ele as claras e perante todo o Israel. Isto porque houve em Davi arrependimento verdadeiro: a sorte de Davi e que houve sinceridade em seu arrependimento, e o fato de Deus ter por ele muito amor evitou que ele pagasse com sua vida. Veja a serie de pecados que cometeu Davi neste seu ato: Desejou e cobiçou a mulher do próximo, se prostituiu, e foi responsável pela morte de Urias. No cap. 12, Davi recebe a visita de Natã o profeta enviado por “Deus” veja como tudo aconteceu: 2 Sam.12. “ 1  E o Senhor enviou Natã a Davi; e, apresentando-se ele a Davi, disse-lhe: Havia numa cidade dois homens, um rico e outro pobre.2  O rico possuía muitíssimas ovelhas e vacas.3  Mas o pobre não tinha coisa nenhuma, senão uma pequena cordeira que comprara e criara; e ela tinha crescido com ele e com seus filhos; do seu bocado comia, e do seu copo bebia, e dormia em seu regaço, e a tinha como filha.4  E, vindo um viajante ao homem rico, deixou este de tomar das suas ovelhas e das suas vacas para assar para o viajante que viera a ele; e tomou a cordeira do homem pobre, e a preparou para o homem que viera a ele. 5  Então o furor de Davi se acendeu em grande maneira contra aquele homem, e disse a Natã: Vive o Senhor, que digno de morte é o homem que fez isso.6  E pela cordeira tornará a dar o quadruplicado, porque fez tal coisa, e porque não se compadeceu.7  Então disse Natã a Davi: Tu és este homem. Assim diz o Senhor Deus de Israel: Eu te ungi rei sobre Israel, e Eu te livrei das mãos de Saul; 8  E te dei a casa de teu senhor, e as mulheres de teu senhor em teu seio, e também te dei a casa de Israel e de Judá, e, se isto é pouco, mais te acrescentaria tais e tais coisas.9  Porque, pois, desprezaste a palavra do Senhor, fazendo o mal diante de seus olhos? A Urias, o heteu, feriste à espada, e a sua mulher tomaste por tua mulher; e a ele mataste com a espada dos filhos de Amom. 10  Agora, pois, não se apartará a espada jamais da tua casa, porquanto me desprezaste, e tomaste a mulher de Urias, o heteu, para ser tua mulher. 11  Assim diz o Senhor: Eis que suscitarei da tua própria casa o mal sobre ti, e tomarei tuas mulheres perante os teus olhos, e as darei a teu próximo, o qual se deitará com tuas mulheres perante este sol.12  Porque tu o fizeste em oculto, mas Eu farei este negócio perante todo o Israel e perante o sol.13  Então disse Davi a Natã: Pequei contra o Senhor. E disse Natã a Davi: Também o Senhor perdoou o teu pecado; não morrerás. 14  Todavia, porquanto com este feito deste lugar sobremaneira a que os inimigos do Senhor blasfemem, também o filho que te nasceu certamente morrerá.15  Então Natã foi para sua casa; e o Senhor feriu a criança que a mulher de Urias dera a Davi, e adoeceu gravemente.16  E buscou Davi a Deus pela criança; e jejuou Davi, e entrou, e passou a noite prostrado sobre a terra.17  Então os anciãos da sua casa se levantaram e foram a ele, para o levantar da terra; porém ele não quis, e não comeu pão com eles.18  E sucedeu que ao sétimo dia morreu a criança; e temiam os servos de Davi dizer-lhe que a criança estava morta, porque diziam: Eis que, sendo a criança ainda viva, lhe falávamos, porém não dava ouvidos à nossa voz; como, pois, lhe diremos que a criança está morta? Porque mais lhe afligiria.19  Viu, porém, Davi que seus servos falavam baixo, e entendeu Davi que a criança estava morta, pelo que disse Davi a seus servos: Está morta a criança? E eles disseram: Está morta. 20  Então Davi se levantou da terra, e se lavou, e se ungiu, e mudou de roupas, e entrou na casa do Senhor, e adorou. Então foi à sua casa, e pediu pão; e lhe puseram pão, e comeu. 21  E disseram-lhe seus servos: Que é isto que fizeste? Pela criança viva jejuaste e choraste; porém depois que morreu a criança te levantaste e comeste pão.22  E disse ele: Vivendo ainda a criança, jejuei e chorei, porque dizia: Quem sabe se Deus se compadecerá de mim, e viverá a criança?23  Porém, agora que está morta, porque jejuaria eu? Poderei eu fazê-la voltar? Eu irei a ela, porém ela não voltará para mim. 24  Então consolou Davi a Bate-Seba, sua mulher, e entrou a ela, e se deitou com ela, e ela deu à luz um filho, e deu-lhe o nome de Salomão; e o Senhor o amou. 25  E enviou pela mão do profeta Natã, dando-lhe o nome de Jedidias, por amor ao Senhor.”
           Nobre leitor (a) a diferença entre “Deus” e nós é que Ele é amoroso e perdoador; e Deus perdoou a Davi sim, mas não ficou conivente com seu pecado. O primeiro filho de Davi com Bate-Seba, morreu, depois disto eles tiveram uma nova relação, e desta relação abençoada por “Deus”, nasceu Salomão, que foi amado por Deus, e que se tornou rei de Israel, e o homem mais rico e poderoso em toda a terra.
As coisas ruins começaram a acontecer a Davi: Um de seus filhos que eram muitos se apaixonou por sua irmã Tammar, e praticamente a violentou, pois era ela ainda virgem. E depois de tudo consumado ele a repudiou acabando com sua irmã: e Absalão mata Ammnom seu irmão que fizera isto com Tamar; e Absalão foge para Talmai e volta para Jerusalem depois de tres anos. Tudo isto está escrito em 2 Sam.13.1 ao 36
 No cap. 15, o rei Davi, já não era mais forte como antes, e seu filho tomou seu lugar, e Absalão era um dos homens mais bonitos e formoso de todo o Israel, e Davi teve que fugir dele, pois havia uma forte conspiração contra ele.
No cap.16, o rei Davi é enganado por Ziba e amaldiçoado por Simei; seu próprio filho estava envolvido nesta conspiração contra ele. Mas “Deus” continuava com Davi e derrota o exército de Absalão. Já no cap. 18, a derrota de Absalão provoca a morte de mais de vinte mil homens, e Absalão na fuga fica preso num galho de arvore e é morto por Joabe. E Davi sabendo da morte de seu filho chora amargamente. Veja como aconteceu em 2 Samuel. 18. 9  E Absalão se encontrou com os servos de Davi; e Absalão ia montado num mulo; e, entrando o mulo debaixo dos espessos ramos de um grande carvalho, pegou-se-lhe a cabeça no carvalho, e ficou pendurado entre o céu e a terra; e o mulo, que estava debaixo dele, passou adiante.10  O que vendo um homem, fez saber a Joabe, e disse: Eis que vi a Absalão pendurado num carvalho.11  Então disse Joabe ao homem que lho fizera saber: Pois que o viste, por que o não feriste logo ali em terra? E forçoso seria o eu dar-te dez moedas de prata e um cinto.12  Disse, porém, aquele homem a Joabe: Ainda que eu pudesse pesar nas minhas mãos mil moedas de prata, não estenderia a minha mão contra o filho do rei, pois bem ouvimos que o rei te deu ordem a ti, e a Abisai, e a Itai, dizendo: Guardai-vos, cada um de vós, de tocar no jovem Absalão.13  Ainda que cometesse mentira a risco da minha vida, nem por isso coisa nenhuma se esconderia ao rei; e tu mesmo te oporias.14  Então disse Joabe: Não me demorarei assim contigo aqui. E tomou três dardos, e traspassou com eles o coração de Absalão, estando ele ainda vivo no meio do carvalho.15  E o cercavam dez moços, que levaram as armas de Joabe. E feriram a Absalão, e o mataram.”
           Cap. 19: Depois da morte de Absalão, o rei Davi volta para Jerusalém, e se enconcontra com Mefibosete filho de Saul, e também com Barsilai, um homem que o acolhera no passado. E os inimigos de Davi são dizimados um a um:
No cap. 21: Israel passa por um periodo de fome por três anos, por causa da mão sanguinária de Saul, todo o Israel pagou pelos erros de Saul. 2 Sam. 20. {...} 1  E houve nos dias de Davi uma fome de três anos consecutivos; e Davi consultou ao Senhor, e o Senhor lhe disse: É por causa de Saul e da sua casa sanguinária, porque matou os gibeonitas.2  Então chamou o rei aos gibeonitas, e lhes falou (ora os gibeonitas não eram dos filhos de Israel, mas do restante dos amorreus, e os filhos de Israel lhes tinham jurado, porém Saul, no seu zelo à causa dos filhos de Israel e de Judá, procurou feri-los).3  Disse, pois, Davi aos gibeonitas: Que quereis que eu vos faça? E que satisfação vos darei, para que abençoeis a herança do Senhor?4  Então os gibeonitas lhe disseram: Não é por prata nem ouro que temos questão com Saul e com sua casa; nem tampouco pretendemos matar pessoa alguma em Israel. E disse ele: Que é, pois, que quereis que vos faça?5  E disseram ao rei: O homem que nos destruiu, e intentou contra nós de modo que fôssemos assolados, sem que pudéssemos subsistir em termo algum de Israel, 6  De seus filhos se nos dêem sete homens, para que os enforquemos ao Senhor em Gibeá de Saul, o eleito do Senhor. E disse o rei: Eu os darei.7  Porém o rei poupou a Mefibosete, filho de Jônatas, filho de Saul, por causa do juramento do Senhor, que entre eles houvera, entre Davi e Jônatas, filho de Saul.7  Porém o rei poupou a Mefibosete, filho de Jônatas, filho de Saul, por causa do juramento do Senhor, que entre eles houvera, entre Davi e Jônatas, filho de Saul. 8  Mas tomou o rei os dois filhos de Rispa, filha da Aiá, que tinha tido de Saul, a Armoni e a Mefibosete; como também os cinco filhos da irmã de Mical, filha de Saul, que tivera de Adriel, filho de Barzilai, meolatita,9  E os entregou na mão dos gibeonitas, os quais os enforcaram no monte, perante o Senhor; e caíram estes sete juntamente; e foram mortos nos dias da 10  Então Rispa, filha de Aiá, tomou um pano de cilício, e estendeu-lho sobre uma penha, desde o princípio da sega até que a água do céu caiu sobre eles; e não deixou as aves do céu pousar sobre eles de dia, nem os animais do campo de noite.11  E foi contado a Davi o que fizera Rispa, filha de Aiá, concubina de Saul.12  Então foi Davi, e tomou os ossos de Saul, e os ossos de Jônatas seu filho, dos moradores de Jabes-Gileade, os quais os furtaram da rua de Bete-Sã, onde os filisteus os tinham pendurado, quando feriram a Saul em Gilboa.13  E fez subir dali os ossos de Saul, e os ossos de Jônatas seu filho; e ajuntaram também os ossos dos enforcados.14  Enterraram os ossos de Saul, e de Jônatas seu filho na terra de Benjamim, em Zela, na sepultura de seu pai Quis, e fizeram tudo o que o rei ordenara; e depois disto Deus se aplacou com a terra.....
           E o rei Davi, teve mais quatro guerras com os filisteus, e Davi quase foi morto por um dos filhos do gigante, devido a seu cansaço ... Quatro guerras contra os filisteus (  1Cr 20:4-8  )  ... 15  Tiveram mais os filisteus uma peleja contra Israel; e desceu Davi, e com ele os seus servos; e tanto pelejaram contra os filisteus, que Davi se cansou. 16  E Isbi-Benobe, que era dos filhos do gigante, cuja lança pesava trezentos siclos de cobre, e que cingia uma espada nova, intentou ferir a Davi. 17  Porém, Abisai, filho de Zeruia, o socorreu, e feriu o filisteu, e o matou. Então os homens de Davi lhe juraram, dizendo: Nunca mais sairás conosco à peleja, para que não apagues a lâmpada de Israel.18  E aconteceu depois disto que houve em Gobe ainda outra peleja contra os filisteus; então Sibecai, o husatita, feriu a Safe, que era dos filhos do gigante.19  Houve mais outra peleja contra os filisteus em Gobe; e El-Hanã, filho de Jaaré-Oregim, o belemita, feriu Golias, o giteu, de cuja lança era a 20  Houve ainda também outra peleja em Gate, onde estava um homem de alta estatura, que tinha em cada mão seis dedos, e em cada pé outros seis, vinte e quatro ao todo, e também este nascera do gigante.21  E injuriava a Israel; porém Jônatas, filho de Simei, irmão de Davi, o feriu. 22  Estes quatro nasceram ao gigante em Gate; e caíram pela mão de Davi e pela mão de seus servos.”
No cap. 22, que é também o Salmo 18, o rei Davi faz este lindo cântico de ação de graças. Este Salmo contem 50 versiculos: veja apenas alguns dos vers. 2 Sam.22. {...}1  E falou Davi ao Senhor as palavras deste cântico, no dia em que o Senhor o livrou das mãos de todos os seus inimigos e das mãos de Saul. 2  Disse pois: O Senhor é o meu rochedo, e o meu lugar forte, e o meu libertador. 3  Deus é o meu rochedo, nele confiarei; o meu escudo, e a força da minha salvação, o meu alto retiro, e o meu refúgio. Ó meu Salvador, da violência me salvas. 4  O Senhor, digno de louvor, invocarei, e de meus inimigos ficarei livre, 5  Porque me cercaram as ondas de morte; as torrentes dos homens ímpios me assombraram. 6  Cordas do inferno me cingiram; encontraram-me laços de morte. 7  Estando em angústia, invoquei ao Senhor, e a meu Deus clamei; do seu templo ouviu ele a minha voz, e o meu clamor chegou aos seus ouvidos.8  Então se abalou e tremeu a terra, os fundamentos dos céus se moveram e abalaram, porque ele se irou. ... 17  Desde o alto enviou, e me tomou; tirou-me das muitas águas.18  Livrou-me do meu poderoso inimigo, e daqueles que me tinham ódio, porque eram mais fortes do que eu.19  Encontraram-me no dia da minha calamidade; porém o Senhor se fez o meu amparo.20  E tirou-me para um lugar espaçoso, e livrou-me, porque tinha prazer em mim. 21  Recompensou-me o Senhor conforme a minha
justiça; conforme a pureza de minhas mãos me retribuiu.22  Porque guardei os caminhos do Senhor; e não me apartei impiamente do meu Deus.23  Porque todos os seus juízos estavam diante de mim; e de seus estatutos não me desviei.24  Porém fui sincero perante ele; e guardei-me da minha iniqüidade. 25  E me retribuiu o Senhor conforme a minha justiça, conforme a minha pureza diante dos seus olhos.
Sinta a curiosidade de ver na integra este lindo Salmo 18: amém, e veja o quanto o rei Davi foi especial
para “Deus” e também como rei em Israel: e estas foram as ultimas palavras do rei Davi em 2 Samuel.23. {...} 1  E estas são as últimas palavras de Davi: Diz Davi, filho de Jessé, e diz o homem que foi levantado em altura, o ungido do Deus de Jacó, e o suave em salmos de Israel. 2  O Espírito do Senhor falou por mim, e a sua palavra está na minha boca.3  Disse o Deus de Israel, a Rocha de Israel a mim me falou: Haverá um justo que domine sobre os homens, que domine no temor de Deus.4  E será como a luz da manhã, quando sai o sol, da manhã sem nuvens, quando pelo seu resplendor e pela chuva a erva brota da terra.5  Ainda que a minha casa não seja tal para com Deus, contudo estabeleceu comigo uma aliança eterna, que em tudo será bem ordenado e guardado, pois toda a minha salvação e todo o meu prazer está nele, apesar de que ainda não o faz brotar.6  Porém os filhos de Belial todos serão como os espinhos que se lançam fora, porque não podem ser tocados com a mão.7  Mas qualquer que os tocar se armará de ferro e da haste de uma lança; e a fogo serão totalmente queimados no mesmo lugar....                                                             E Davi teve 37 valentes que protegia.  2 Sam.23.8 ao 39 & também em  1Crôn. 11:10-47  )
           Cap.24; o rei Davi comete outro pecado, que provocou a morte de milhares de seu povo, quando ele, mandou contar o povo de “Deus”, que não gostou de sua decisão e o puniu severamente; mas o rei se arrependeu e pediu perdao a “Deus”, e tomou para si a responsabilidade de seu erro, pecado. Para “Deus”, o povo de Israel é incontável. Davi desta vez não ouviu a Joabe que o alertou que ele não deveria levar adiante esta idéia. 2 Samuel. 24.  {...} 1  E a ira do Senhor se tornou a acender contra Israel; e incitou a Davi contra eles, dizendo: Vai, numera a Israel e a Judá. 2  Disse, pois, o rei a Joabe, capitão do exército, o qual tinha consigo: Agora percorre todas as tribos de Israel, desde Dã até Berseba, e numera o povo, para que eu saiba o número do povo.3  Então disse Joabe ao rei: Ora, multiplique o Senhor teu Deus a este povo cem vezes tanto quanto agora é, e os olhos do rei meu senhor o vejam; mas, por que deseja o rei meu Senhor este negócio? 4  Porém a palavra do rei prevaleceu contra Joabe, e contra os capitães do exército; Joabe, pois, saiu com os capitães do exército da presença do rei, para numerar o povo de Israel. 8  Assim percorreram toda a terra; e ao cabo de nove meses e vinte dias voltaram a Jerusalém.9  E Joabe deu ao rei a soma do número do povo contado; e havia em Israel oitocentos mil homens de guerra, que arrancavam da espada; e os homens de Judá eram quinhentos mil homens. 10  E pesou o coração de Davi, depois de haver numerado o povo; e disse Davi ao Senhor: Muito pequei no que fiz; porém agora ó Senhor, peço-te que perdoes a iniqüidade do teu servo; porque tenho procedido mui loucamente.11  Levantando-se, pois, Davi pela manhã, veio a palavra do Senhor ao profeta Gade, vidente de Davi, dizendo:12  Vai, e dize a Davi: Assim diz o Senhor: Três coisas te ofereço; escolhe uma delas, para que ta faça. 13  Foi, pois, Gade a Davi, e fez-lho saber; e disse-lhe: Queres que sete anos de fome te venhamà tua terra; ou que por três meses fujas de teus inimigos, e eles te persigam; ou que por três dias haja peste na tua terra? Delibera agora, e vê que resposta hei de dar ao que me enviou. 14  Então disse Davi a Gade: Estou em grande angústia; porém caiamos nas mãos do Senhor, porque muitas são as suas misericórdias; mas nas mãos dos homens não caia eu.15  Então enviou o Senhor a peste a Israel, desde a manhã até ao tempo determinado; e desde Dã até Berseba, morreram setenta mil homens do povo.16  Estendendo, pois, o anjo a sua mão sobre Jerusalém, para a destruir, o Senhor se arrependeu daquele mal; e disse ao anjo que fazia a destruição entre o povo: Basta, agora retira a tua mão. E o anjo do Senhor estava junto à eira de Araúna, o jebuseu.17  E, vendo Davi ao anjo que feria o povo, falou ao Senhor, dizendo: Eis que eu sou o que pequei, e eu que iniquamente procedi; porém estas ovelhas que fizeram? Seja, pois, a tua mão contra mim, e contra a casa de meu pai. 18  E Gade veio naquele mesmo dia a Davi, e disse-lhe: Sobe, levanta ao Senhor um altar na eira de Araúna, o jebuseu.19  Davi subiu conforme à palavra de Gade, como o Senhor lhe tinha ordenado.20  E olhou Araúna, e viu que vinham para ele o rei e os seus servos; saiu, pois, Araúna e inclinou-se diante do rei com o rosto em terra.21  E disse Araúna: Por que vem o rei meu Senhor ao seu servo? E disse Davi: Para comprar de ti esta eira, a fim de edificar nela um altar ao Senhor, para que este castigo cesse de sobre o povo. 22  Então disse Araúna a Davi: Tome, e ofereça o rei meu senhor o que bem parecer aos seus olhos; eis aí bois para o holocausto, e os trilhos, e o aparelho dos bois para a lenha.23  Tudo isto deu Araúna ao rei; disse mais Araúna ao rei: O Senhor teu Deus tome prazer em ti. 24  Porém o rei disse a Araúna: Não, mas por preço justo to comprarei, porque não oferecerei ao Senhor meu Deus holocaustos que não me custem nada. Assim Davi comprou a eira e os bois por cinqüenta siclos de prata.25  E edificou ali Davi ao Senhor um altar, e ofereceu holocaustos, e ofertas pacíficas. Assim o Senhor se aplacou para com a terra e cessou aquele castigo de sobre Israel.}
           E a história Do rei Davi continua no livro de 1Reis também:
O rei Davi já bastante idoso teve um de seus filhos, o interesse de reinar no lugar de seu pai: mas esta sucessão pertencia a seu filho Salomão, que ainda muito jovem foi ungido novo rei em Israel. Salomão foi o filho abençoado por “Deus” da relação de Davi com Bate-Seba: seu filho Adonias se adiantou no intento de reinar em seu lugar. Mas o profeta Natã ainda estava em Israel, e falando com Bate-Seba sobre o acontecido; ela e Natã, falaram com o rei, e lembrou a ele do juramamento feito a “Deus”. E assim foi feito e cumprido: e tinha Salomão apenas 14 anos quando foi ungido rei em Israel: tudo isto esta confirmado em 1 Reis. Rs.1.1 ao 53 {...} 28  E respondeu o rei Davi, e disse: Chamai-me a Bate-Seba. E ela entrou à presença do rei; e ficou em pé diante do rei. 29  Então jurou o rei e disse: Vive o Senhor, o qual remiu a minha alma de toda a angústia, 30  Que, como te jurei pelo Senhor Deus de Israel, dizendo: Certamente teu filho Salomão reinará depois de mim, e ele se assentará no meu trono, em meu lugar, assim o farei no dia de hoje.31  Então Bate-Seba se inclinou com o rosto em terra e se prostrou diante do rei, e disse: Viva o rei Davi meu senhor para sempre. 32  E disse o rei Davi: Chamai-me a Zadoque, o sacerdote, e a Natã, o profeta, e a Benaia, filho de Joiada. E eles entraram à presença do rei.33  E o rei lhes disse: Tomai convosco os servos de vosso senhor, e fazei subir a meu filho Salomão na mula que é minha; e levai-o a Giom. 34  E Zadoque, o sacerdote, com Natã, o profeta, ali o ungirão rei sobre Israel; então tocareis a trombeta, e direis: Viva o rei Salomão! 35  Então subireis após ele, e virá e se assentará no meu trono, e ele reinará em meu lugar; porque tenho ordenado que ele seja guia sobre Israel e sobre Judá.36  Então Benaia, filho de Joiada, respondeu ao rei, e disse: Amém; assim o diga o Senhor Deus do rei meu senhor.37  Como o Senhor foi com o rei meu senhor, assim o seja com Salomão, e faça que o seu trono seja maior do que o trono do rei Davi meu senhor.38  Então desceu Zadoque, o sacerdote, e Natã, o profeta, e Benaia, filho de Joiada, e os quereteus, e os peleteus, e fizeram montar a Salomão na mula do rei Davi, e o levaram a Giom.39  E Zadoque, o sacerdote, tomou o chifre de azeite do tabernáculo, e ungiu a Salomão; e tocaram a trombeta, e todo o povo disse: Viva o rei Salomão!...}
           Davi dá conselhos a Salomão e chega seu fim: veja o que disse o rei Davi antes de sua morte. 1Reis. Rs.2. “1  E aproximara-se os dias da morte de Davi; e deu ele ordem a Salomão, seu filho, dizendo:2  Eu vou pelo caminho de toda a terra; esforça-te, pois, e sê homem.3  E guarda a ordenança do Senhor teu Deus, para andares nos seus caminhos, e para guardares os seus estatutos, e os seus mandamentos, e os seus juízos, e os seus testemunhos, como está escrito na lei de Moisés; para que prosperes em tudo quanto fizeres, e para onde quer que fores.4  Para que o Senhor confirme a palavra, que falou de mim, dizendo: Se teus filhos guardarem o seu caminho, para andarem perante a minha face fielmente, com todo o seu coração e com toda a sua alma, nunca, disse, te faltará sucessor ao trono de Israel.5  E também tu sabes o que me fez Joabe, filho de Zeruia, e o que fez aos dois capitães do exército de Israel, a Abner filho de Ner, e a Amasa, filho de Jeter, os quais matou, e em paz derramou o sangue de guerra, e pôs o sangue de guerra no cinto que tinha nos lombos, e nos sapatos que trazia nos pés.6  Faze, pois, segundo a tua sabedoria, e não permitas que suas cãs desçam à sepultura em paz.7  Porém com os filhos de Barzilai, o gileadita, usarás de beneficência, e estarão entre os que comem à tua mesa, porque assim se chegaram eles a mim, quando eu fugia por causa de teu irmão Absalão.8  E eis que também contigo está Simei, filho de Gera, filho de Benjamim, de Baurim, que me maldisse com maldição atroz, no dia em que ia a Maanaim; porém ele saiu a encontrar-se comigo junto ao Jordão, e eu pelo Senhor lhe jurei, dizendo que o não mataria à espada. 9  Mas agora não o tenhas por inculpável, pois és homem sábio, e bem saberás o que lhe hás de fazer para que faças com que as suas cãs desçam à sepultura com sangue.10  E Davi dormiu com seus pais, e foi sepultado na cidade de Davi.11  E foram os dias que Davi reinou sobre Israel quarenta anos: sete anos reinou em Hebrom, e em Jerusalém reinou trinta e três anos.”
           Nobre leitor (a), meu objetivo foi de mostrar a verdade dentro da palavra de “Deus”, a Bíblia Sagrada. Aqui está um relato resumido da história do rei Davi conforme meu entendimento bíblico, eu não mudei nada e nem acrescentei nada que não houvesse confirmação bíblica. O rei Davi foi um propósito de “Deus” para todo o Israel, pois Saul não soube aproveitar a oportunidade que “Deus” deu a ele, quando foi escolhido e ungido rei em Israel. E Davi, um dos filhos de Jessé foi o escolhido por “Deus” para tomar o lugar de Saul, e ser ungido em todo Israel; naquela época havia moradores gigantes inimigos do povo de “Deus” e no meio deste povo havia um gigante chamado Golias, que media naquela época, apenas dois metros e noventa (2.90 cm), e ele humilhava o povo israelita, o povo de “Deus”.  Davi era um pastor de ovelhas, e franzino, de baixa estatura, mas era ele o escolhido, o sucessor do rei Saul. E foi ele também quem derrotaria o gigante Golias com apenas uma funda: Davi foi um grande guerreiro e o maior salmista da Bíblia, e que escreveu apenas 72 dos 150 Salmos. Davi foi também um homem de muita oração e jejum, e só ia para as batalhas só quando ele obtinha a resposta vinda de “Deus” através das orações. “Deus” falava com Davi em suas orações de súplicas ou através dos Salmos. Davi só era ouvido por “Deus” por causa de sua fidelidade, lealdade, justiça, temor e amor. Davi, não tinha vergonha de adorar, salmodiar, louvar e até mesmo dançar para o Senhor “Deus”. Ele foi homem de muitas mulheres e amantes, como foi seu filho Salomão:   Obs. A tv Record, mostrará dentro de poucos dias a serie sobre o rei Davi, num total de 29 capitulos: eu não pretendo concorrer com ninguém, e nem mostrar mentiras, apenas a verdade dentro da palavra de “Deus”. Aqui eu fiz um relato da trajetória de Davi, segundo a Bíblia Sagrada; eu confesso que algumas coisas que irão ser mostradas nesta serie, eu não vi escritas na Biblia; portanto tenho minhas restrições. Quero afirmar a você nobre leitor (a) que não sou dono da verdade e que não escrevo para televisão; mas a verdade bíblica, eu procuro sempre mostrar. Aqui na Bíblia, a história de Davi estão confirmadas nos livros de 1e 2 Samuel, 1 Reis, e no livro de 1 Crônicas. O meu relato está baseado dentro destes livros. E “Deus” prometeu a Davi um reino eterno, perpétuo em Israel, e que não faltaria uma lâmpada, um varão, um homem, para o trono do rei Davi. Seu filho, o rei Salomão foi seu sucessor, e reinou muitos anos, e foi o homem mais rico em toda a terra, e foi o homem mais inteligente também. Salomão teve muitas mulheres e concubinas, amantes, mas que na sua velhice, ele se perdeu, e se desviou do caminho de ‘Deus’ cometendo pecados terríveis que fizeram com “Deus” tirasse dele o reino de Israel, e desse a seu inimigo, e dividisse as tribos de Israel em doze tribos, e deixando apenas duas tribos para que não faltasse sucessor para o trono da casa de Davi, e assim aconteceu até a vinda do Salvador do mundo. “Jesus Cristo”. A lâmpada da casa de Davi, não se apagou enquanto o Senhor “Jesus” não veio como homem, mas sendo Filho de “Deus”. Cada passagem bíblica gira em torno da vinda do Salvador “Jesus”, e Davi teve fundamental importância para esta vinda. O rei Davi também não foi perfeito; ele também pecou, e foi punido severamente por  “Deus”. Aqui eu lhes mostrei como aconteceu: primeiro foi quando ele cometeu adultério seguido de morte: desejou, cobiçou, se prostituiu e mandou matar o marido de Bate-Seba, Urias o heteu. “Deus” o puniu com muita severidade, mas depois de seu arrependimento verdadeiro, ele foi perdoado, e sua relação com Bate-Seba foi abençoada depois da punição, e desta relação nasceu o rei Salomão, que foi o sucessor do rei Davi, e que foi o responsável pela edificação do templo, da casa de “Deus”, pois Davi não pode edificar este templo por causa de muito sangue que correra em suas mãos.
Mas Davi foi o homem segundo o coração de ‘Deus’. O segundo pecado de Davi foi quando ele não ouviu a Joabe, e decidiu contar o povo de “Deus”. Ele foi punido por isto, e também setenta mil pessoas morreram por causa de seu ato. Davi se arrependeu, e imputou a culpa sobre ele, e pediu para “Deus” não castigar mais seu povo que não mereciam. Veja onde se fala também do Rei Davi: Diz assim em Isaias. “8.6  Porque um menino nos nasceu, um filho se nos deu, e o principado está sobre os seus ombros, e se chamará o seu nome: Maravilhoso, Conselheiro, Deus Forte, Pai da Eternidade, Príncipe da Paz.7  Do aumento deste principado e da paz não haverá fim, sobre o trono de Davi e no seu reino, para o firmar e o fortificar com juízo e com justiça, desde agora e para sempre; o zelo do SENHOR dos Exércitos fará isto.”
Veja a importância do rei Davi para a vinda do Messias: Jessé era o pai de Davi    
O reino do Messias é pacífico e próspero.  Isaias 11. “1  Porque brotará um rebento do tronco de Jessé, e das suas raízes um renovo frutificará. 2  E repousará sobre ele o Espírito do Senhor, o espírito de sabedoria e de entendimento, o espírito de conselho e de fortaleza, o espírito de conhecimento e de temor do Senhor. 3  E deleitar-se-á no temor do Senhor; e não julgará segundo a vista dos seus olhos, nem repreenderá segundo o ouvir dos seus ouvidos. 4  Mas julgará com justiça aos pobres, e repreenderá com eqüidade aos mansos da terra; e ferirá a terra com a vara de sua boca, e com o sopro dos seus lábios matará ao ímpio,”                                                                                                                                                        E “Jesus” fala assim do rei Davi em Apocalipse 22. “16  Eu, Jesus, enviei o meu anjo, para vos testificar estas coisas nas igrejas. Eu Sou a raiz e a geração de Davi, a resplandecente estrela da manhã.”
           Veja o que fala também em Jeremias sobre o rei Davi: “Jer. 22. 24  Vivo Eu, diz o Senhor, que ainda que Conias, filho de Jeoiaquim, rei de Judá, fosse o anel do selo na minha mão direita, contudo dali te arrancaria.25  E entregar-te-ei na mão dos que buscam a tua vida, e na mão daqueles diante de quem tu temes, a saber, na mão de Nabucodonosor, rei de Babilônia, e na mão dos caldeus.26  E lançar-te-ei, a ti e à tua mãe que te deu à luz, para uma terra estranha, em que não nasceste, e ali morrereis. 27  Mas à terra, para a qual eles com toda a alma desejam voltar, para lá não voltarão. 28  É, pois, este homem Conias um ídolo desprezado e quebrado, ou um vaso de que ninguém se agrada? Por que razão foram arremessados fora, ele e a sua geração, e arrojados para uma terra que não conhecem? 29  Ó terra, terra, terra! Ouve a palavra do Senhor. 30  Assim diz o Senhor: Escrevei que este homem está privado de filhos, homem que não prosperará nos seus dias; porque nenhum da sua geração prosperará, para se assentar no trono de Davi, e reinar ainda em Judá.”
         Veja também no cap. 30. “8  Porque será naquele dia, diz o Senhor dos Exércitos, que eu quebrarei o seu jugo de sobre o teu pescoço, e quebrarei os teus grilhões; e nunca mais se servirão dele os estrangeiros. 9  Mas servirão ao Senhor, seu Deus, como também a Davi, seu rei, que lhes levantarei.10  Não temas, pois, tu, ó meu servo Jacó, diz o Senhor, nem te espantes, ó Israel; porque eis que te livrarei de terras de longe, e à tua descendência da terra do seu cativeiro; e Jacó voltará, e descansará, e ficará em sossego, e não haverá quem o atemorize. 11  Porque Eu Sou contigo, diz o Senhor, para te salvar; porquanto darei fim a todas as nações entre as quais te espalhei; a ti, porém, não darei fim, mas castigar-te-ei com medida, e de todo não te terei por inocente.”
           Por amor a Jacó e a Davi, “Deus” não se esqueceu de seu povo mesmo no cativeiro: e estas palavras são também para todos nós, por amor a Davi. Veja em Jer. 31. “33  Mas esta é a aliança que farei com a casa de Israel depois daqueles dias, diz o Senhor: Porei a minha lei no seu interior, e a escreverei no seu coração; e eu serei o seu Deus e eles serão o meu povo.34  E não ensinará mais cada um a seu próximo, nem cada um a seu irmão, dizendo: Conhecei ao Senhor; porque todos me conhecerão, desde o menor até ao maior deles, diz o Senhor; porque lhes perdoarei a sua maldade, e nunca mais me lembrarei dos seus pecados. 35  Assim diz o Senhor, que dá o sol para luz do dia, e as ordenanças da lua e das estrelas para luz da noite, que agita o mar, bramando as suas ondas; o Senhor dos Exércitos é o seu nome.36  Se falharem estas ordenanças de diante de mim, diz o Senhor, deixará também a descendência de Israel de ser uma nação diante de mim para sempre.37  Assim disse o Senhor: Se puderem ser medidos os céus lá em cima, e sondados os fundamentos da terra cá em baixo, também eu rejeitarei toda a descendência de Israel, por tudo quanto fizeram, diz o Senhor. 38  Eis que vêm dias, diz o Senhor, em que esta cidade será reedificada para o Senhor, desde a torre de Hanameel até à porta da esquina.”
Veja como é verdade tudo o que venho lhes mostrando sobre Davi.  São palavras de “Deus” e não do homem.  {...} Jer. 33. 14  Eis que vêm dias, diz o Senhor, em que cumprirei a boa palavra que falei à casa de Israel e à casa de Judá; 15  Naqueles dias e naquele tempo farei brotar a Davi um Renovo de justiça, e ele fará juízo e justiça na terra.16  Naqueles dias Judá será salvo e Jerusalém habitará seguramente; e este é o nome com o qual Deus a chamará: O Senhor é a nossa justiça. 17  Porque assim diz o Senhor: Nunca faltará a Davi homem que se assente sobre o trono da casa de Israel; 20  Assim diz o Senhor: Se puderdes invalidar a minha aliança com o dia, e a minha aliança com a noite, de tal modo que não haja dia e noite a seu tempo, 21  Também se poderá invalidar a minha aliança com Davi, meu servo, para que não tenha filho que reine no seu trono; como também com os levitas, sacerdotes, meus ministros.22  Como não se pode contar o exército dos céus, nem medir-se a areia do mar, assim multiplicarei a descendência de Davi, meu servo, e os levitas que ministram diante de mim. 23  E veio ainda a palavra do Senhor a Jeremias, dizendo: 24  Porventura não tens visto o que este povo está dizendo: As duas gerações, que o Senhor escolheu, agora as rejeitou? Assim desprezam o meu povo, como se não fora mais uma nação diante deles. 25  Assim diz o Senhor: Se a minha aliança com o dia e com a noite não permanecer, e eu não puser as ordenanças dos céus e da terra, 26  Também rejeitarei a descendência de Jacó, e de Davi, meu servo, para que não tome da sua descendência os que dominem sobre a descendência de Abraão, Isaque, e Jacó; porque removerei o seu cativeiro, e apiedar-me-ei deles.”
           O rei Davi já havia morrido, mas havia uma promessa feita por “Deus”, e alguns profetas em Israel tinham a missão de anunciar ao povo de Israel; mesmo estando eles no cativeiro.
Amados leitores (as), esta é a verdadeira história do rei Davi que você irá encontrar na Bíblia Sagrada. Eu prefiro ficar com esta, pois é um relato fiel em resumo da Biblia. Obs. Mais palavras sobre Davi, você encontrara na Biblia Sagrada; estas foram as que eu me lembrei e encontrei com mais facilidade. Existem mais passagens bíblicas sobre o rei Davi:
Que  “Deus” abençoe a você que busca e procura a verdade. Novos temas virão: só “Deus” sabe será o próximo. Aproveite também e veja os lindos Salmos escritos por Davi quando falava com o Senhor em suas orações através dos salmos também. Obrigado meu “Deus” por mais um tema abençoado por “Ti” e que este tema faça a diferença também em sua vida meu nobre leitor (a)
           Escrito por José Carlos Ribeiro, membro da Pib de Campo Grande MS: Formado em Capelania prisional e Hospitalar pela Pib. carlosribeiro-@hotmail.com   blog;egitodojose.blogspot.com
Campo Grande 21 de Janeiro de 2012

6 comentários:

  1. muito bom seu resumo .. eu acompanhei com minha biblia porque a linguagem dela é mais atual . Parabéns mesmo .. sou uma serva do Sehhor, sou moça ainda, 17 anos, mas com esse resumo tive o entendimento completo da historia de Davi. Continue sendo usado por Deus e que o Espirito Santo dEle esteja contigo. Fica na paz :)
    Dayanna - Recife

    ResponderExcluir
  2. MUITO BOM ESTE " RESUMO " SE É QUE ASSIM SE PODE DIZER,VISTO QUE É BEM AMPLO E ABORDA QUASE TUDO SOBRE A VIDA DE DAVI.
    PARA MIM FOI BASTANTE EDIFICANTE EMBORA ESTIVESSE PROCURANDO OUTRA COISA QUANDO ENTREI EM SEU BLOG, FAZIA EU UM ESTUDO SOBRE A MALDIÇÃO DOS RUIVOS EM ISRAEL E NAS CIVILIZAÇÕES ANTIGAS E PROCURAVA TEXTOS QUE MENCIONASSE ESTE ASSUNTO, MAS TODO O TEXTO FALOU BASTANTE AO MEU CORAÇÃO. OBRIGADO PELO TEMPO QUE SE DISPÔS PARA O ESCREVE-LO.
    ROSÂNGELA - PALMAS -TO

    ResponderExcluir
  3. Gostei do comentário, porem discordo quando o senhor diz na 4° estrofe que Deus se "arrepende"...o arrependimento é uma imperfeição que não cabe ao Deus Onisciente...
    Mais muito bom o resumo... Fica na Paz

    ResponderExcluir
  4. Olá, meu nome é Sanay, tenho 25 anos, sou do Rio Grande do Sul
    Bom, fui católica até meus 24 anos. Ora praticante, ora não.
    No início deste ano (2014), aconteceu um fato na minha vida, que me trouxe a ir visitar a igreja de um casal de amigos. E olha, naquela noite, nunca senti o espírito Santo tão forte, como em 24 anos de católica.
    Desde então, não me afastei. Sinto que Jesus me pegou, e tem me trazido cada dia mais perto dele. Estou tentando levar também meu marido, ele é bem resistente, mas Jesus está amolecendo o coração dele aos poucos.
    Como sou 'nova' no assunto, (pois quem foi católico, sabe que não levamos a bíblia, apenas pegamos na entrada da igreja um folheto com tudo o que será falado e cantado); então tenho muitas dúvidas, não conheço nada.. E a história que mais me deixava confusa era do Rei Davi, hoje, me bateu uma curiosidade muito grande e eu vim ate o google procurar a história de Davi,. Comecei a ler e ja entendi muitas coisas.
    Quero te dizer, que teu texto é excelente, muito bom de ler. Apesar de ser grande ( não poderia sr diferente) tem uma narrativa totalmente no nosso linguajar. Acertei em cheio vindo ate seu blog! Vi que vc é Cristão, certamente irei achar mais textos que me interessariam aqui. Bom, não consegui ler tudo, pois estou em horário de trabalho, mas salvei o texto e levarei para casa!
    Que tu continues este trabalho lindo aqui.
    Um abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigado Sanay pelo seu comentário, eu também fui católico quase 40 anos, e não concordava com muitas coisas do catolicismo, e fui me afastando até que um dia me tornei evangélico em Cristo, e não em denominações, ai está a diferença de ser evangélico e de ser cristão. Todos meus temas são bíblicos e com confirmações bíblicas; nada aqui em meu blog não é publicado sem que eu faça uma varredura para ver se tem respaldo bíblico, que Deus te abençoe, e que este blog possa te ajudar em sua duvidas.A História do Rei Davi está segundo o relato bíblico, não é por acaso que quase dez mil pessoas já acessaram este tema, os demais minha amiga estão no mesmo caminho, com confirmações bíblicas. Fica com Deus, e tudo de bom a você em nome de Jesus Cristo

      Excluir
  5. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir